Preciso de Dinheiro Para Ser Feliz

dinheiro - dinheiro traz feliciade

Outro dia estava na minha varanda durante meu ritual noturno antes de dormir.

Já deixo aqui essa dica para você: procure um ritual, tenha seus rituais.

Esses rituais são importantíssimos para sairmos um pouco do automático e lembrarmos de nossa essência, apenas respirarmos.

Esse meu ritual eu venho chamando de Momento Britês.

Um momento para eu apenas ser.

Durante meu momento Brites eu estava agradecendo pelo meu apartamento.

Gosto muito da minha casa.

A acho muito confortável e por consequência eu tenho medo de perde-la.

Pensamentos negativos tomam conta às vezes e olho para cada um deles com amor e em especial durante o Momento Britês.

Uma grande sabotagem que percebi foi que eu agradecia como se fosse uma ferramenta do estilo 5 passos para ter uma casa.

Entendi então que meu agradecimento era medo.

Eu apenas o fazia para suprir essa sensação de medo.

Um medo que tenho é que de fato a casa não é minha.

Trata-se de um financiamento com um banco.

Sabendo disso, eu me conecto com o merecimento de ter dinheiro para pagar as parcelas e condomínio.

Observei que um agradecimento ao externo é medo, mas um lembrete de merecimento e agradecimento é ser mais gentil comigo mesmo.

casa - teto

Quando estou fazendo algo legal na minha casa eu penso:

Sou grato por tudo que acontece e sou merecedor de tudo que aconteceu.

Hoje, só hoje, sou merecedor dessa casa, desse teto.

Isso é um processo de pensamentos comuns e especialmente e principalmente quando tenho aquela vontade de jogar tudo para o alto em meu emprego e então me recordo da importância do dinheiro na minha vida.

Dinheiro não traz felicidade, mas manda buscar.

Relaxe e o dinheiro chega.

Faça seu melhor e o retorno é garantido.

Essas são todas frases que escuto e que estudo, mas o que me chocou foi:

Preciso de dinheiro para ser feliz.

Tudo que faço leva dinheiro.

Sem dinheiro, sem vida.

Tudo que faço precisa de dinheiro.

Toda nossa sociedade foi criada em cima disso e o mundo é como é graças a isso.

Lembrei que é “fácil” afirmar que “somos todos um” quando apreciamos no outro qualidades, mas perceber que eu julgo quem ama dinheiro me trouxe muitas reflexões.

Como eu acordo cedo, não tenho muitos problemas para dormir.

Dormi, acordei e fui a meu emprego.

Chegando pela Imigrantes na Bandeirantes lembrei que era quarta-feira e que devido ao feriado na segunda-feira eu havia me esquecido do rodízio.

Liguei para meu chefe e fui a um posto de conveniência tomar café e esperar até as 10:00.

Tomei alguns cafés.

cafe - xicara de cafe

Vários cafés na verdad,e e pensei:

O dinheiro paga por isso.

Também lembrei de uma Constelação que aprendi e conduzo:

Meu amigo dinheiro me apoia com tudo que eu quero.

Sou grato e sou merecedor de ter esse meu amigo dinheiro.

Nesse momento essa frase que me causou muito incômodo voltou a minha mente:

Preciso de dinheiro para ser feliz.

E continuei refletindo:

Se não fosse o dinheiro eu não poderia nem comprar café para esperar e ser feliz agora.

O que não entendi é que realmente eu preciso de 4 cafés para esperar?

Resposta:

Não. Não preciso.

As coisas então começaram a fazer sentido.

Eu preciso de dinheiro para ser feliz, mas eu não preciso gastar dinheiro para ser feliz.

Tomar café foi gastar dinheiro para me confortar em relação ao esquecimento do rodizio, ficar sentando em um lugar legal e fazer cara de paisagem.

Sem dinheiro eu não poderia ficar ali parado.

Fiquei pensando e pensando.

Luiz (72)_med

Além das minhas ideias e criatividade serem sempre aguçadas, 4 cafés haviam me deixado em um estado de muito alerta:

Porque 4 cafés? Foram duas horas… Um a cada 30 minutos…

Isso não é muito” foi minha conclusão.

E continuei:

Porque eu não poderia ficar ali.

Que medo era esse de ser julgado  não cliente da loja?

Quem medo era esse de ser expulso da loja?

Eu não preciso gastar dinheiro com essas coisas.

Eu preciso sim de dinheiro para ser feliz mas não preciso gastar dinheiro com itens de consumo.

Fui ao caixa para pagar.

Havia uma pessoa na fila e olhei para todos chocolates, balas, doces, chaveiros, isqueiros, cigarros, anúncios, chicletes, amendoim, castanha…

Ou seja, todos exemplos de que sentimos felicidade ao gastar dinheiro.

Mas o dinheiro não faz feliz, pois quando acaba o chiclete, acaba a alegria e na próxima vez que você entra na loja você compra outro.

A pessoa da fila terminou de pagar a conta dela e me aproximei.

Aí eu quase cai para traz.

Dizem que o Universo nos demonstra coincidências para nos mostrar que estamos no caminho certo.

Esse tal de Universo foi cirúrgico em me mostrar essa coincidência.

chocolates

Um chocolate estava com uma nova campanha e o anúncio que aparece na caixa é:

Alegria na medida certa.

Confesso que eu congelei.

Fiquei assustado e não conseguia acreditar.

Pisquei os olhos algumas vezes e acho que depois da quinta vez que a atendente disse:

Moço, débito ou crédito” eu voltei.

Compramos alegria na medida e gastamos dinheiro sem medidas para termos essa sensação.

Nada daquilo ali a disposição é alimento ou bebida.

Assim como o Osho diz:

Alimentos nos fazem saciados, nutridos.

Esse é o alimento certo para você: aquele que te nutri.

Isso explica porque comemos uma caixa de bombom e ainda queremos mais um.

Satisfazemos a falta de alegria e a ilusão de falta de prazer com várias barras de chocolate.

Como eu já fui gordinho e passei por uma reeducação alimentar, eu tomo cafés.

Fui reeducado a comer sem engordar, mas não a nutrir a minha alma equanto espero algo.

Assim como dizemos nas Constelações:

Olá mundo capitalista, Você perfeito assim como você é.

Eu agora te vejo pela primeira vez.

Você é certo assim como é, mantém muitos empregos e muitos lares.

Só que eu não gostaria de ficar tão perto de você assim.

Deixo você com o que é seu.

Você é maravilhoso!

Gratidão.

gratidao - manha

Talvez você não vai entender essas frases de Constelação se você nunca participou de uma.

A intenção dessas palavras é agradecer, reverenciar ao mundo capitalista como ele é, a partir de agora, no meu momento fazer minhas escolhas mais conciente.

Acho que isso é o que se chama lucidez.

Eu realmente senti como se estivesse saindo da Matrix.

Irei confirmar isso nos próximos dias.

Não consigo afirmar que irei parar de comer chocolate, mascar chiclete, mas ontem a noite fui comer um lanche em uma padaria e na hora de pagar a conta aconteceu a mesma cena.

Muitas ofertas e doses de alegria a disposição de muitos reais.

E sabe o que eu fiz?

Comprei uma água.

Iniciou aqui um processo detox de dinheiro e em breve compartilharei como anda.

Eu sou feliz!

Eu amo meu amigo dinheiro!

Eu não preciso gastar dinheiro para ser feliz.

E você?

O que precisa fazer para ser feliz?